Coração

Meu coração bate
junto ao teu, descompassado
tarado
pecado
domado

Minha boca busca
a tua, carente
doente
latente
fulgente

meu olhar cai
no teu, dorido
sentido
bandido
caído

Meu corpo se enrosca
ao teu, desperto
aberto
incerto
esperto

Meu hálito suga
o teu, agonia
ironia
fugidia
fantasia

(Zailda Mendes)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: